A despedida de duas grandes professoras

512
0
Compartilhar:

Duas professoras, ainda jovens, morreram em decorrência do câncer na última semana. Muito dedicadas e estimadas, a partida de Fabiana Celina Ferreira, de 34 anos, e de Joasiane Fraga, de 39 anos , causou grande consternação.

Fabiana Ferreira

Fabiana era de Bom Princípio e morava no Caí
– Facebook/Reprodução

Fabiana Celina Ferreira, de 34 anos, faleceu na última quinta-feira, dia 28 de março. Ela foi velada na Capela Mortuária da Conceição e sepultada na sexta-feira, no Cemitério Municipal de São Sebastião do Caí.

Conforme o seu facebook, a professora Fabiana era natural de Bom Princípio e morava no Caí. Muito querida pelos alunos, colegas e familiares, era tida como uma profissional fantástica. Mesmo ainda jovem, deixou um grande aprendizado. Por isso recebeu muitas homenagens nas redes sociais e nos atos fúnebres. Fabiana, que lutava contra um câncer, era professora em Montenegro, na Escola Estadual Jorge Guilherme Moojen, do bairro Zootecnia, onde alunos fizeram um vídeo emocionante em sua homenagem, destacando “você foi a melhor professora que já tivemos”. Deixou marido, casal de filhos, demais familiares e um incontável número de amigos.

Josiane Fraga

Bom Princípio se despede da professora Josiane dos Santos Fraga, de 39 anos, que lecionava no município.

Desde outubro do ano passado Josiane realizava tratamento de quimioterapia. Nos cinco anos de trabalho em Bom Princípio, a educadora Josi construiu um grande círculo de amigos e admiradores, sendo referência como exemplo de profissional e dedicação à família. E foi uma guerreira na luta pela vida. Ela deixa o esposo Taroba Santos, filhos Gabriel e Gabriela, e um incontável número de amigos.

Josiane, que lecionava na Emei Herta Maria, no Morro Tico-Tico, e que trabalhou também na Escola São José, foi velada e sepultada em Viamão, sua cidade natal, na última segunda-feira.

Compartilhar: