Mãe e filha que morreram em acidente foram sepultadas hoje

254
0
Compartilhar:

Foram sepultadas na tarde desta sexta-feira, no Cemitério Ecumênico de São Leopoldo, a mãe e a filha que morreram num trágico acidente da tarde de ontem, quinta-feira, dia 14, no quilômetro 41 da RS 122, em São Vendelino, próximo da divisa com Bom Princípio.

Marilei Freitas Ortiz, 49 anos, e a filha Bianca Freitas Ortiz, 19 anos, estavam numa Renault Duster que se envolveu num acidente com três caminhões por volta de 14h30min, perto do viaduto da RS 446 de acesso para São Vendelino. Marilei morreu no local e Bianca ainda chegou a ser levada para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Bom Princípio, mas também não resistiu.

Outras três pessoas que estavam na Duster, com placas de Sapucaia do Sul, também ficaram feridas. Uma delas um bebê, filha de Bianca e neta de Marilei, de apenas 1 ano e meio de idade. As três estavam no banco traseiro do veículo. O marido de Marilei e pai de Bianca, que dirigia a Duster, e um colega dele, que estava no banco ao lado, também ficaram feridos. O passageiro foi encaminhado ao hospital de Farroupilha e o motorista para a UPA. Nos três caminhões, com placas de Harmonia, São Sebastião do Caí e Cruz Alta, apenas o condutor de um Ford Cargo teve uma lesão na perna e também foi removido para Farroupilha.

O delegado de Bom Princípio, Marcos Eduardo Pepe, que está comandando as investigações sobre o acidente, esteve no local. Pelo que apurou, diz que a Duster trafegava no sentido Bom Princípio/São Vendelino quando teria colidido com a lateral de um caminhão Mercedes Benz boiadeiro e com o impacto foi projetada para a pista contrária onde transitavam o Ford Cargo e um caminhão com carroceria tanque. A colisão pegou a traseira da Duster com a frente do Ford Cargo. A Duster ficou destruída e foi parar fora da pista. “Conversei com o motorista da Duster na UPA. Ele estava muito abalado com a perda da esposa e da filha. Disse que lembrava que estava ultrapassando o caminhão boiadeiro, numa curva, mas não lembra o que aconteceu. Estava em estado de choque”, conta o delegado Pepe. O motorista da Duster teve um corte na testa e estava na UPA com a netinha que teve uma pequena lesão no rosto. Os dois foram medicados e liberados.

Guilherme Baptista

Foto: Álbum de família

Compartilhar: