Parentes e amigos de mulher e filhas assassinadas pedem justiça

569
0
Compartilhar:

Está acontecendo hoje, quinta-feira, em São Sebastião do Caí, o julgamento do autor de um dos crimes mais brutais já ocorridos em Bom Princípio e na região. Marcelo Ferreira de Faria, de 50 anos, está sendo submetido a júri popular desde às 9h da manhã, acusado de triplo homicídio por ter matado a ex-mulher e as duas filhas dela. O crime ocorreu em 22 de março de 2016, quando Marcia Thomé de Faria, de 32 anos, e suas duas filhas, Jaíne, 15 anos, e Jeisse, de 4 anos, foram mortas a facadas no apartamento onde moravam, em Santa Teresinha (Bom Princípio). Na época, o acusado foi preso e confessou o crime, alegando ciúmes.

Familiares e amigos colocaram fotos das vítimas, na entrada do Fórum, pedindo por justiça
– Crédito: Reprodução/FN

Antes do início do julgamento, familiares e amigos das vítimas colocaram cartazes com fotos de mãe e filhas junto a entrada do Fórum onde ocorre o júri, pedindo por justiça. O julgamento é presidido pela juíza Débora Sevik. Na acusação atua a promotora Claudia Pegoraro, tendo como assistente de acusação a advogada Mara Elaine Dresch Kaspary. O réu é defendido pelos defensores públicos Willian Foster e Roberta Barbosa.

Pela manhã ocorreu o interrogatório do acusado. Na parte da tarde, a partir das 13h, devem iniciar os debates entre acusação e defesa. Cada lado tem até 1 hora e 30 minutos para suas manifestações.

 

Texto: Guilherme Baptista

Foto: Fábio Fuchs Klein/FN

Compartilhar: