Solidariedade e emoção numa linda história real de Natal

104
0
Compartilhar:

Um fato inusitado e emocionante ocorreu no feriadão de Natal envolvendo policiais militares do 27º BPM, com sede em São Sebastião do Caí e que abrange também Bom Princípio. Na sexta-feira os soldados Jacobsen e Eckert deram um belo gesto de solidariedade e espírito natalino num momento de estrema dificuldade. Ao receberem uma denúncia de invasão, foram até um galpão nas margens da RS 122, no Caí. Num horário de intenso calor, pouco antes do meio-dia, encontraram um menino de 12 anos trancado, sem água, luz e comida. O garoto, de nome Kauã, tinha sido abandonado pela mãe, viciada em crack. Deitado e suando muito, estava apenas na companhia de um cãozinho preto, com pouco mais de um mês de vida. Além da situação dramática da criança, outro fato emocionou os policiais. Enquanto era levado para a Delegacia, o menino confessou aos PMs que seu maior sonho era ser policial. A revelação sensibilizou ainda mais os soldados, que estão com suas esposas grávidas. Comovidos, deixaram o menino conhecer mais da viatura, falar ao rádio e acionar os sinais. E além de salvarem a vida de Kauã, mesmo com seus salários parcelados e sem receber o décimo-terceiro, compraram presentes de Natal para o menino.

A história real de Natal foi relatada pelo capitão Oscar Bessi Filho em sua coluna no jornal Correio do Povo.  Em meio a todo o sofrimento, tornaram o Natal do menino Kauã mais alegre.  E o garoto agradeceu com sorriso estampado no rosto. Com o pai preso e a mãe viciada em drogas, a criança foi encaminhada para um abrigo, ficando sob responsabilidade do Conselho Tutelar. E os soldados mostraram que é possível ir além do ofício que lhe és atribuído. Voltaram para suas casas com o sentimento de dever cumprido. E mesmo que inicialmente tenham optado por não divulgar o ato, o exemplo de espírito de Natal teria que repercutir para contagiar outras pessoas. Foi uma linda história de Natal.

Guilherme Baptista

Informações: Capitão Oscar Bessi Filho

Compartilhar: