Gaiteira caiense e conjunto vocal montenegrino são campeões no Enart

296
0
Compartilhar:

A 15ª Região Tradicionalista (RT), que inclui os municípios do Vale do Caí, esteve muito bem representada nas finais do 34º Encontro de Artes e Tradição (Enart), que aconteceram no último final de semana no Parque da Oktoberfest em Santa Cruz do Sul. Participaram do evento cerca de 4 mil competidores de todo o Estado, reunindo um público de mais de 40 mil pessoas ao longo do feriadão.

O Vale do Caí esteve representado em várias modalidades, com os classificados na Inter-Regional do Enart realizada em Sapiranga. Entre os participantes da região está a invernada de dança do CTG Porteira Aberta, de Bom Princípio, que se classificou para as finais na força B. O grupo principiense fez mais uma bela apresentação, mas não se classificou entre os finalistas. O CTG Candeeiro da Amizade, de Vera Cruz, foi o vencedor da Força B. E o grande campeão da Força A – a principal do Enart, foi o CTG Tiarayú, de Porto Alegre.

Grupo do CTG Estância do Montenegro foi o vencedor no Conjunto Vocal
– Crédito: Facebook

Em outras categorias a 15ª Região Tradicionalista também esteve representada, inclusive ficando entre os primeiros colocados. O coordenador da 15ª Região Tradicionalista, Claudio Oliveira, que acompanhou o evento, destaca o empenho de todos os participantes. “Foi excelente. O empenho de todos nos enche de orgulho e coloca a região numa posição muito boa perante o MTG”, comemora, parabenizando os participantes.

Entre os destaques da 15ª Região Tradicionalista, que conquistaram premiações, estão:

– Gaita de botão até 8 baixos, 1º lugar, Eduarda Günthner (CTG Lauro Rodrigues, do Caí);

– Conjunto Vocal, 1º lugar, CTG Estância do Montenegro (Montenegro);

– Conjunto Instrumental, 2º lugar, CTG Rancho Feliz (Feliz);

– Trova de Martelo, 1º lugar, Celso de Oliveira (CTG Velha Cambona, de Portão);

– Trova Estilo Gildo de Freitas, 3º lugar, Ernani de Oliveira Nunes (PL Timbaúva, de Portão);

– Pajada, 1º lugar, Celso de Oliveira (CTG Velha Cambona, de Portão).

 

Guilherme Baptista

Foto: Arquivo/FN

 

Compartilhar: