Vítima de acidente em Bom Princípio tinha se recuperado de cirurgia no coração

399
0
Compartilhar:

Causa grande repercussão o acidente fatal ocorrido no início da manhã de hoje, quarta-feira, por volta de 6h30, no cruzamento da RS 122 com a RS 452, junto ao trevo da Polícia Rodoviária Estadual de Bom Princípio, na Balança. No local ocorreu a colisão entre um automóvel Prisma, com placas de São Vendelino, e um caminhão Mercedes Benz, emplacado em Montenegro. A vítima fatal foi identificada como Ivani Schwendler Stockmanns, de 35 anos. Ela era moradora da localidade de Linha Neis, em São Vendelino.

Ivani era natural de Três Passos, no norte do Estado, mas já morava faz muitos anos em São Vendelino, sendo bastante conhecida e estimada. Ela deixa um casal de filhos – um menino de 2 anos e uma menina de 7 anos, além do marido Elvio, pais, irmãs e demais familiares e amigos.

Conforme os Bombeiros Voluntários de Bom Princípio, que atenderam a ocorrência, a passageira estava presa nas ferragens. Após ser resgatada pelos bombeiros, foi encaminhada para a UPA, mas não resistiu e veio a falecer. O motorista do carro, sogro de Ivani, de 65 anos, também sofreu ferimentos e foi levado para a UPA. Já o condutor do caminhão, de 53 anos, não teve lesões. O acidente foi registrado na Delegacia de Polícia de Bom Princípio, que será a responsável pela apuração dos fatos. Conforme foi apurado, o automóvel fazia a travessia da RS 122, em frente a Polícia Rodoviária, no sentido São Vendelino para acessar a RS 452 na direção da Feliz. Já o caminhão transitava pela RS 122 no sentido Bom Princípio/São Vendelino.

A amiga Katia Kirch lembra o quanto Ivani era dedicada e carinhosa com filhos e esposo. Recorda que a amizade começou quando realizaram uma campanha de Natal para crianças. Já Luciane Heinzmann, em postagem no facebook, junto de uma foto escreveu que Ivani era a mulher mais corajosa que conheceu. Em maio ela tinha sido submetida a uma delicada cirurgia cardíaca em Caxias do Sul e estava se recuperando muito bem. Segundo informações, hoje o sogro estava levando ela justamente para uma reconsulta médica. Várias outras manifestações de pesar, lamentando a tragédia, estão sendo postadas nas redes sociais.

Trevo perigoso

O local do acidente é bastante perigoso, já tendo registrado várias colisões, inclusive com outros óbitos. Em dias de tempo instável, como hoje, fica ainda mais perigosa a travessia. Já foram feitos estudos e várias solicitações para mudanças no trevo, mas até o momento não foi tomada nenhuma providência. A reportagem fez contato com a EGR, que encaminhou uma manifestação:

“O projeto que prevê novo local para o retorno foi concluído pela EGR e em breve será entregue à Prefeitura. Quanto à execução, assim como outras futuras alterações, deverá ser incluído oportunamente na concessão da rodovia. A EGR destaca ainda que tem trabalhado com foco na manutenção e conservação das vias que administra, para garantir a qualidade das estradas, assim como sua segurança aos usuários.”

 

Guilherme Baptista

Foto: Facebook/Reprodução

Compartilhar: